verão
 
ah havia tanto
tanto joyce
no original reler
pound os gregos
os provençais
havia tanto
tanto tempo perdido
são duas horas
duas da tarde
o mar se esfrega
azul l’azur blue blau
por toda costa
ocidental
é verão e as mulheres
espraiam belas
acidentais
suas costas
a areia as coxas
o colo reluzindo
é verão e são belas
duas horas de mar
e tarde o tempo
perdido
os gregos
os provençais
o sol sol solapando
os olhos trinta
trinta anos
de pão & pound
é verão e são
comoção belas
 
mas de que vale o poema
ante a mulher de ipanema?
foto
RW 1992
Ronaldo Werneck
Rio de Janeiro, 1973
De Selva Selvaggia (1976)